Pessoas em situação de rua:OS INVISIVEIS

Fotos realizadas durante domingo de atividades do grupo Os Invisíveis ( Natal,07/03/21). Nas fotos: Márcio e os voluntários Mychelle, Charles e Nanda no preparo e entrega das refeições, além de diversos moradores de rua em diferentes pontos da cidade. Todas as imagens foram realizadas com autorização dos fotografados. Imagens por: Ana China.



Em 2020 Marcio Faria estava em casa (desempregado assim como muitos na pandemia), e ao assistir na tv um documentário sentiu-se profundamente impactado.

O documentário falava dos "invisíveis". Mas quem são essas pessoas? São aqueles em situação de rua e que são iguais no planeta inteiro: não são assistidos por instituições e sequer "vistos" pela maioria das pessoas que parecem ignorar a condição de fome, desabrigo e solidão em que muitos vivem, mesmo estando diariamente debaixo dos olhos de todos.

Marcio foi dormir tentando digerir todas as informações e acordou no dia seguinte (no domingo de páscoa 04/04/20 ) disposto a fazer algo: juntou tudo que tinha na geladeira de sua casa, comprou com o que tinha mais alguns itens e conseguiu fazer 23 refeições e saiu para a entrega. Na época, com a sua companheira Catherine Ferreira da Costa, a quem atribui o funcionamento atual consistente das ações, devido ao grande empenho e dedicação por ela ao projeto:


"A Catherine vestiu totalmente a camisa do projeto e me ajudou a transformar uma ideia, nesta ação que hoje alimenta tanta gente, e mesmo hoje não sendo um casal, divido com ela toda a funcionalidade e repercussão que o projeto causa nas pessoas, nos permitindo alimentar semanalmente no mínimo 150 moradores em situação de rua. Ela também foi a responsável, enquanto participou do projeto, por implementar todas as mídias sociais e mantê-las atualizadas, bem como muitos contatos com entidades para cooptar doações. Foi e é absolutamente uma guerreira pelo “próximo” não medindo esforços."


E ai após a entrega veio o segundo impacto: ele conta que tinha alguma noção que existiam muitas pessoas passando fome, mas pela primeira vez viu de perto a imensa demanda existente em nossa cidade. Nascia então projeto Os invisíveis Natal RN.


No outro dia, o Marcio já acionou seus amigos partilhando o que viu e coletando doações, e no domingo seguinte já conseguiram distribuir ainda mais refeições. E assim os invisíveis segue até hoje: todos os domingos saem nas ruas de Natal pra distribuir uma refeição fresquinha ,quente, saudável e feita com muito amor e alegria pelo próprio Márcio, e com ajuda de alguns voluntários que os auxiliam das tarefas necessárias.


O Márcio é que comanda as panelas. Cozinhar, além de sua profissão, é uma terapia e uma forma de doar aos outros aquilo que sabe e gosta de fazer. É notório o carinho, cuidado e amor que ele tem ao preparar cada item que será doado aos moradores de rua. O trabalho já começa no sábado, quando os preparativos são feitos para que tudo saia á tempo no dia seguinte, garantindo assim um almoço saudável e saboroso para uma média de 150 a 180 pessoas todos os domingos. Cada refeição é composta de grãos, legumes e proteínas.


No dia da entrega, as atividades já começam cedo: cozimento e finalização de alguns itens, montagem das quentinhas e entrega. Todo o alimento que é ofertado vem de doações recebidas. O projeto recebe ajuda de toda matéria prima para suas atividades, e ao questionar ao Marcio qual seria os itens que ele mais necessita atualmente ,ele prontamente responde: "Voluntários e proteínas".


O projeto felizmente vem recebendo doações de colaboradores ,mas as proteínas acabam sendo o item mais necessário e escasso (carne, frango, ovos, peixe, etc.) então além de doações de arroz ,feijão, vegetais e etc. a doação desses itens são de extrema importância e necessidade.


E os voluntários? Essa é uma questão também importante. O projeto necessita de pessoas comprometidas e que estejam dispostas a trabalhar na cozinha para garantir agilidade e qualidade em todo o processo. Não é necessário experiência, basta amor e vontade de ajudar ao próximo! Atualmente o Marcio conta com 3 voluntários fixos, que estão presente em todos os fins de semana: Mychelle, o Charles ,e mais recentemente, a Nanda.


"A Dani sempre que pode, também se faz presente e ajuda demais. Vale frisar aqui que o amigo Artur empresta o carro para a distribuição aos domingos e a amiga Ana Magda, até antes das doações das panelas e do fogão, também cedeu esses itens ao projeto."


Assistir essa turma trabalhando é muito divertido! Entre panelas e risadas o grupo se diverte, conversa ,brinca e se aconselha. Eu gosto sempre de frisar que voluntários são pessoas "normais": elas também tem seus problemas, sua vida pessoal, seus dias bons e dias ruins, porém quando se juntam para se doarem em prol de algo, acontecem maravilhas!!

E não estamos falando apenas de doar quantias de valor, objetos ou itens ( ainda que esses sejam muito importantes sim!),mas também doação de sua dedicação. Toda doação é bem vinda. Cada um pode doar algo que temos dentro de nós: a empatia, a compaixão, humildade e a vontade de ajudar o próximo.


Ainda assim, é importante frisar que o grupo é pequeno para a demanda e se existissem mais pessoas se unindo ao grupo, com certeza faria uma enorme diferença! Um único dia da semana e que pode impactar muitas pessoas.


Acompanhei a turma durante todo este último domingo (07/03/21) , desde o preparo até a entrega nas ruas. Foram entregues 150 refeições com a média de 850 grs. de comida fresca, saborosa e saudável, 60 sanduiches de mortadela (doação da panificadora Búzios, @buziospanificadora,) que "através da amiga Simone e Paulo, estão conosco desde o início do projeto, além de 220 águas minerais, doação do amigo Renato do @tavernapub. "


Como pude confirmar, todo esse trabalho é composto de diferentes elos que formam uma corrente do bem, onde cada um ajuda ao seu modo, e toda ajuda é igualmente importante.


O Marcio já é conhecido por todos por onde passa, e a galera quando vê o carro já se aproxima. O mais importante é que o que acontece ali não é só uma entrega de alimento, e sim também uma troca de energia. O Marcio conversa com todos, brinca, aconselha, dá risadas, perturba na boa, enfim, socializa e tem convicção da importância de ouvir o que “eles” tem a dizer.


Para muitos, não é apenas a primeira refeição ( e talvez a única) que estão recebendo em dias, mas ás vezes também a primeira vez que uma pessoa parou para os ouvir. Alguém que os enxergue como pessoas, indivíduos que assim como todos nós, possuem sentimentos, necessidades e sonhos. Para Marcio eles não são, e jamais serão invisíveis.


COMO VOCÊ PODE AJUDAR:

  • Doações sempre são bem vindas e de extrema importância. Você pode doar:


-Alimentos (proteínas, arroz parboilizado, feijão e itens de cesta básica).

- Embalagens de isopor número 9

- Talheres descartáveis

- Luvas para manuseio dos alimentos

- Gás de cozinha – trabalhamos com 4 botijões (um é emprestado)


  • Sendo um voluntário: O grupo precisa de pessoas que queiram colaborar. As atividades são simples e não quererem mão de obra qualificada como: montar quentinhas, descascar ovos e legumes, mexer panelas, lavar louças, panelas, chão, pias acessórios e etc.


  • As doações em dinheiro, que podem ser feitas através das contas:

- Banco do Brasil: Ag: 1845-7 / cc:68401-5

- Caixa Econômica: Conta: 000812863603-9 / Ag:0259 / Op: 1288

- Nubank: Conta: 56048485-3 /Ag: 0001

- Pix: (84) 99962-5740


  • Para fazer sua doação, tirar duvidas e conversar com o Marcio é só entrar em contato através do numero: (84) 9 9962-5740



  • Divulgue essa página em suas redes sociais usando os botões de compartilhamento fácil aqui abaixo, ou copie o link e envie no whats app ou ainda tire print e poste no instagram.

#osinvisiveis #projetoempatiarn

©Ana China 2021 - fotografia  |  projetoempatia

Todos os direitos reservados. Copyright anachinaphotography. Todas as imagens deste site são protegidas pelo Art. 7; inc. VII da Lei 9610/98 de direitos autorais. Nenhuma foto pode ser reproduzida sem autorização prévia.